‘Mau hálito: um problema de saúde pública’ é o tema da palestra no dia 26 de setembro

Quarta-feira que vem, dia 26 de setembro, terá mais uma palestra do Programa de Educação Continuada do CROGO: ‘Mau hálito – um problema de saúde pública’, com a cirurgiã-dentista, Dra. Karyne Magalhães (CROGO – 7.954), às 19 horas, no auditório do CROGO.

A inscrição para a palestra é gratuita!

Para participar, basta se inscrever pelo WhatsApp da Dra. Júlia Arantes (62) 98567-0208 ou do Dr. Júlio César (62) 98448-0007. As vagas são limitadas.

Entre os objetivos da palestra, estão: conscientizar e esclarecer quanto aos fatores etiológicos, formas de diagnóstico e tratamento da halitose; evitar investimentos desnecessários com exames complementares de alto custo aos serviços de saúde como endoscopias, radiografias da face e cirurgias; e oportunizar encaminhamento e acesso ao tratamento da halitose, através da atuação multiprofissional de cirurgiões-dentistas, médicos, enfermeiros, psicólogos, nutricionistas e todos profissionais de saúde atuantes no sistema público e privado.

A palestrante

A cirurgiã-dentista Karyne Magalhães é qualificada no diagnóstico e tratamento da halitose e das disfunções salivares e vice-presidente da Associação Brasileira de Halitose (ABHA)

Desequilíbrio no organismo

57 milhões de brasileiros, o que representa 30% da população do país, são atingidos de forma ocasional ou crônica pela halitose, mais conhecida como mau hálito, de acordo com dados da ABHA.

O mau hálito é um sinal ou sintoma de que algo está em desequilíbrio no organismo e pode estar associado a alterações bucais simples e facilmente tratadas ou a problemas de saúde complexos, como o câncer, por exemplo.

Além disso, provoca um impacto direto sobre a autoestima de quem está enfrentando a alteração, que pode ocasionar restrição nas relações interpessoais e depressão. “A halitose segrega e pode ter consequências de ordem psicológica-psiquiátrica, já que não e fácil conviver com quem emana mau odor ou acredita emanar ”, comenta a dra. Karyne Magalhães.

Com o objetivo de conscientizar a população sobre o mau hálito, seu diagnóstico e tratamento, a ABHA estabeleceu 22 de setembro como o Dia Nacional de Combate ao Mau Hálito. A partir desse dia até 25 de outubro, a relação entre halitose e saúde pública será assunto discutido em 16 estados e 24 cidades do Brasil por membros da ABHA. As palestras, como essa do CROGO, serão destinadas a profissionais e acadêmicos da área de saúde.